Pesquisar este blog

domingo, 7 de maio de 2017

The Absence of Colors and the False "Feminine Empowerment".





Women sell themselves to a false "female empowerment".
Leather boots, black clothes from head to toe that refer to the sadist, are not the Feminine.
All the strength of the woman is alive in the colors she wears and emanates.
In gracefulness;
From the adornments to the simplicity of the flowers of the field;
From exotic roses, to a simple ribbon tie.
After all, we are lively and human women,
or are we just the servants of vampires and blood-sucks without color?!

Awaken the colors of the Feminine!



Vibrate in Colors,
Pulsate the Love.



Keep the Essence, and notice the strangeness and aggressiveness that there is in the absence of colors,
Make no mistake, black, it's not sexy, it's not a symbol of power,

But yes, of slavery and subservience.











A Ausência de Cores e o Falso "Empoderamento Feminino".




As mulheres se vendem a um falso "empoderamento feminino".
Botas de couro, roupas pretas dos pés à cabeça que remetem ao sádico, não são o Feminino.
Toda a força da mulher está viva nas cores que ela veste e emana.
Na graciosidade; 
Dos adornos à simplicidade de flores do campo;
De exóticas rosas, à um singelo laço de fita.
Afinal, somos mulheres vivazes e humanas,
ou reles serventes de vampiros e sangue-sugas sem cor?!

Despertem as cores do Feminino!


Vibrem em Cores,
Pulsem o Amor.


Mantenha a Essência, e perceba a estranheza e agressividade que há na ausência de cores,
Não se engane! Preto, não é sexy, não é simbolo de poder!
Mas sim, de escravidão e subserviência. 










quinta-feira, 24 de novembro de 2016

TPM - Você sabia que ela é uma Dádiva?!


A maioria das mulheres, sofre do mal chamado de TPM - Tensão Pré Menstrual. Você já parou para refletir no porque de tantas alterações? E até que ponto seus sintomas são Naturais?
Nos acostumamos a achar normal o terrível período do mês onde há uma gangorra emocional e física. Onde as mulheres passam pelos mais variados sintomas dentro dos quadros de dores no corpo, enjoo, insônia, sonolência, cólicas, inchaço, instabilidade emocional, onde podemos oscilar em agressividade e irritabilidade, choro fácil e depressão, cobranças, reclamações e insatisfações consigo e com os outros... É uma lista quase sem fim!!! 

Mas será que o que é NORMAL, é o NATURAL?
Normal vem de Norma, o que não é uma coisa nata, da Na-tu-re-za...

Algumas linhas de conhecimento apontam as cólicas e dores no corpo como uma não aceitação da feminilidade. O que não deixa de ser verdade! Porém, vou adiante e digo: um leve desconforto físico nos dias que antecedem a menstruação, e uma leve cólica durante o primeiro dia da menstruação, é NATURAL! É um momento de mudança e limpeza do corpo. 

Agora, qualquer dor que seja mais incômoda, persistente e incapacitante, bem... Existem algumas formas de retirada da energia vital do nosso corpo por seres que podemos chamar resumidamente de vampirizadores. Assunto para um outro post, mas de antemão eu digo: não aceite esse sofrimento, peça proteção, mexa o corpo, se alongue, faça movimentos sinuosos do quadril para aliviar, utilize um bom óleo essencial no ventre como a lavanda, tome chás calmantes, mantenha-se aquecida, resguarde-se fisicamente!

Sobre a instabilidade emocional, a tpm período só exacerba os sentimentos pelos quais estamos passando no momento. Então se estamos angustiadas com algo, a tendencia é ficar muito mais angustiada. Se tem algo no nosso corpo que não gostamos, vamos gostar menos ainda, aqueles quilinhos, ou até algumas gramas que precisamos perder, vão se tornar toneladas! Rs. Ou seja, é preciso observar com atenção os sintomas, e compreender o que precisamos mudar ou simplesmente aceitar.

Essa observação deve ser feita em todos os sintomas que nos são comuns. Existem alguns aplicativos bem úteis onde podemos anotar e acompanhar o ciclo, inclusive anotando os sintomas. Esse estudo por algum período, é importante! Pois passamos a nos conhecer melhor, a ouvir mais o coração, os pensamentos, e o corpo.

Então se percebemos que temos dores nos pés, nesse período cuidamos mais deles, fazemos uma boa massagem, um escalda pés relaxante, colocamos eles para cima, o que nos fizer se sentir melhor!
Se ficamos mal humoradas, que a gente aprenda a avisar aos familiares e amigos, de uma forma clara e suave, que estamos sensíveis e é melhor tomar cuidado! Rs. Para isso é preciso observar quando o mal humor começa a tomar conta, então se afaste, perceba de onde ele vem, o que lá dentro está realmente incomodando... 

Mas tá! A TPM só serve para testar nossa paciência todo mês? Só porque a mulher tem tantas habilidades maravilhosas ela tem que pagar imposto mensal??? Humm... Não. Mas isso acontece porque fomos ao longo dos séculos, deixando isso acontecer. 
A menstruação segue o ciclo natural. E nós, cada vez mais afastadas da Natureza, do seu tempo de acontecer, do seu resguardo e calmaria, da intensidade no momento exato, ficamos assim, instáveis e desarmoniosas. Nos tornamos mulheres que se afastam do feminino, que se esquecem da importância do zelo consigo, com o esposo, com o lar, com os filhos... Mas a natureza nos cobra.



A chave é: Quando a mulher conquista o seu equilíbrio pleno, a TPM é uma poderosa ferramenta de transformação. Ciclos são encerrados e iniciados a cada 21 dias, e os outros 7 dias que fecham os 28 dias do calendário lunar, são o momento mais precioso, onde o corpo começa a fazer sua renovação, reequilíbrio e preparo para mais um ciclo

Esse momento é uma dádiva da natureza feminina em que, quando estamos em equilíbrio, temos nas mãos o poder de se colocar em ordem, dar bronca em si mesma, dar bronca no marido, resolver aquela situação pendente com algum desafeto, reorganizar a casa, a rotina, a dieta... 

Entendem a preciosidade desse momento????????? 



Porém quando não buscamos nos conhecer, saber os nossos limites, ter auto controle para não criar uma guerra por motivos banais, aí bem, a TPM vai ser apenas um período de terrorismo para nós e para quem nos rodeia, onde tudo é ruim e sempre será, onde as dores são paralisantes, apenas para mostrar a nossa falta de coragem para lutar pela saúde plena que nos é um direto. 

É uma escolha nossa. Podemos negar a nossa feminilidade, podemos nos entupir de remédios para dor ou depressão, mas todas as toxinas continuarão dentro de nós. Sejam substâncias tóxicas ingeridas numa alimentação ruim, ou pensamentos e sentimentos tóxicos alimentados pela falta da auto-observação e equilíbrio. 

O que você escolhe?









segunda-feira, 23 de maio de 2016

A Força. Carta 11 do Tarot.



A nossa força interior não deve ser reprimida nem menos extravasada de forma descontrolada. 
O Leão interno precisa ser delicadamente domado. 


Para conduzirmos nossa extrema Força Interior, precisamos conhecê-la, perscrutar todos os recônditos de nossa alma, para com delicadas mãos, conduzir nossa vida, guiados pela voz do coração. Guiados pela voz do Leão Interior. 

Que pode nos levar à infernos se desenfreado, ou à Realização, se em equilíbrio com o Amor e a Ética. 


Hoje, escolhi essa imagem, que retrata de uma forma doce, o que é a verdadeira força. Que não é física, mas sim, nasce da pureza e sabedoria do coração...



A Dança do Ventre, dentre tantos outros conhecimentos, é uma das formas de se obter as chaves que destravam nossos caminhos. 
Ela não é o caminho, mas sim, a porta de acesso ao Seu Próprio caminho, seu próprio trabalho, ao seu Próprio Conhecimento, que te guiará em direção a Tua Fonte de Sabedoria. 


Dominar o próprio corpo, fazê-lo dançar com precisão, transformá-lo no instrumento que torna visível a música ouvida, nos ensina o caminho do controle, do equilíbrio, e do manejo suave do corpo e sua energia vital, que busca ir direto e reto de encontro com a Nossa Própria Divindade. 


Existem muitos meios de encontrar o Equilíbrio. Mas sempre, a mais poderosa chave, será àquela que é conquistada no encaixe perfeito de duas mãos. Mãos que nasceram para manterem-se entrelaçadas. 


E encontrar o jeitinho de domar nossa força, é crucial para a eterna união dessas mãos, corpos e corações. Pois a Energia, precisa ser sempre controlada, e o Amor, manter-se aquecido. Pois a sua chama, a tudo conduz com perfeição. 

The Force_ Arcanum 11 of the Tarot.



The Force. 
Arcanum 11 of the Tarot.


Our inner strength should not be suppressed or less leaked uncontrollably.
The internal Lion needs to be gently tamed.

To conduct our extreme Inner Strength, we need to know it, scrutinizing all the recondites of our soul, with delicate hands, to conduct our lives, guided by the voice of the heart. 
Guided by the voice of the Interior Lion. 
Which can lead us to rampant hell, or the realization, in balance with Love and Ethics.

Today, I chose this picture, which depicts a sweet way, which is the real strength. That is not physical, but is born of purity and wisdom of the heart...


The Belly Dance, among many other knowledge, is one of the ways to obtain the keys that unlock our ways.
It is not the way, but the access door to Your Own Way, your own work, your own knowledge, which guides you to the direction of Your Source of Wisdom.

Mastering the body, make him dance with precision, make it the instrument that makes visible the music heard, teaches us the way of control, balance, and smooth handling of the body and its vital energy, which seeks to go straightand upright in the direction of Our Own Divinity.

There are many ways to find the balance. But always, the most powerful key will be that which is achieved in the perfect fitting of two hands. Hands wich were born to keep up intertwined.

And find our little way of taming our strength, is crucial for the eternal union of this hands, bodies and hearts. Because the Energy, must always be controlled, and Love, keeping warm. Because their flame, leads all with perfection.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Sublimação da Força Sexual em Movimentos


Movimentos de quadril trabalham diretamente com a força sexual.
Quando a energia sexual é muito forte para ser controlada, surgem os movimentos de tronco.
Que com a energia cardíaca, sublimam e abrandam o fogo sexual. 
É onde a suavidade dos movimentos dos braços nasce:
No domínio da energia que exala do corpo para o ambiente, do ambiente para o corpo.

Àquelas mulheres que tem a capacidade de sublimar sua força sexual até o topo, 
São as que atingem maior graciosidade em seus gestos e movimentos.
Estas, são mulheres que encantam quando balançam seus cabelos num khalige.

Por isso cabelos longos, saudáveis e fortes são símbolo da força sexual,
Denotam a capacidade de equilíbrio e precisão no manejo da própria energia.

Cabelos frágeis, mal cuidados, curtos ou quebradiços, denotam dificuldade de compreensão da própria força sexual.

Cabelos alterados por químicas, denotam desvios da própria sexualidade,
Denotam caminhos tomados na vida, contrários à própria essência.

Nós mulheres podemos expressar nossa força sexual de duas formas:
Com a sensual graciosidade dos gestos;
Ou com os excessos sexuais nos gestos. 
A esta segunda forma, costumamos chamar de vulgaridade.

Há àquelas que escolhem reprimir essa força, causando incômodo ao olhar moças graciosas, confundindo-as com moças vulgares.

A sensualidade é como o ar. 
Não há como se reprimir, mas sim, respirar e deixar fluir.
Aprender a se mover com a energia que nos trás a vida,
Com a energia que cavalgamos.



sábado, 5 de março de 2016

Aula 1 - Respiração





Como você respira? A maioria de nós, utiliza menos que 50% da capacidade pulmonar. Como isso?
Passamos o dia ocupados, concentrados ou distraídos com algo, e a respiração, se mantém ativa o suficiente para estarmos vivos...
Poderia dar inúmeras explicações para esse terrível comportamento, mas agora irei resumi-lo em apenas um:
Falta de Consciência.
Essa falta de consciência, nos afeta nos níveis físico, emocional e interno.


Imagine que você é um pássaro, e que a altura do seu vôo, é regulada pela respiração:

Se você respira de forma curta e lenta,
Seu vôo será baixo e cômodo;

Se curta e entrecortada,
Corre o risco de voar quicando no chão;

Se é profunda e lenta,
Você ganha altura de forma suave;

Se profunda e acelerada,
Você ganha altura rapidamente.

Esse vôo através do controle da nossa energia, é possível fazer literalmente no mundo astral, controlando a altura e distância percorrida pelo manejar da energia. Porém, precisamos estar despertos, e isso é tema para outra conversa.
Já aqui no físico, a energia gerada pela respiração, assim como a energia gerada pela sexualidade sem o desperdício de energia, e também pelo aquecimento do sangue com exercícios físicos que nos trazem prazer, atuam diretamente na nossa vitalidade.


Faça um teste: quando estiver com muito sono ou cansada, faça algumas respirações profundas e veja o que muda! Para ficar ainda melhor, expanda seu corpo junto com a respiração, alongue, relaxe a musculatura. Relaxar não é sinônimo de dormir, e sim, de distensionar, e nos deixar aptos a cumprir com uma tarefa. Seja ela Mental, de concentração; Emocional, deixando fluir a voz do coração e saindo do redemoinho de sentimentos negativos; ou Física, sendo para correr uma maratona, ou... dormir! Rsrs
Para tudo que vamos fazer, precisamos estar conscientes e plenos do momento. E nada melhor para nos trazer a momento presente do que uma boa e gostosa inspiração!

É importante trabalharmos um pouco de consciência na respiração, pois no geral, quando muito concentrados em algo, temos a tendência de travar ou diminuir a respiração.
E para aprender a dançar, precisamos primeiro sentir o corpo pleno e cheio de energia!
E é para isso também servem os aquecimentos no início da aula! Você prepara o corpo e aquece o sangue enquanto vai se centrando no momento presente. Observa o corpo, a respiração, relaxa o que está tenso, e então estar pronta para aprender.
Afinal não há ninguém que resista a dar uma espreguiçada depois de um bocejo e de uma longa respiração, não é verdade???


O Exercício de hoje é simples:
Respire!
Respire e perceba tudo ao seu redor, e perceba o que muda no seu corpo!
Perceba COMO você respira, e no próximo post, falaremos um pouco sobre isso.